Necropoema

36 dias, 100 mil mortes.
2.777 mortes por dia (se fazer a média)
No Brasil de Bolsonaro
Continuar vivo não é escolha,
É sorte (ou azar).
Mortes evitáveis!
Mortes evitáveis!
Na semana em que o *presidente posa com um cartaz "CPF cancelado", sorrindo, para a foto,
Na semana em que o Ministro da Economia diz que o brasileiro está vivendo mais do que deveria,
100 mil mortes evitáveis.
Mais de 400 mil mortes no total.
E chegaremos a meio milhão de mortes
!EVITÁVEIS!
Antes que o inverno acabe.
Enquanto Bolsonaro for presidente, será sempre inverno no coração do brasileiro.

*uso presidente como sinônimo de genocida

Escritor e editor. Conheça meu trabalho em leoescreve.com.br